Os 8 formatos de vídeo mais populares e como usar cada um

Os formatos de vídeo são extensões que permitem a visualização da mídia. Cada formato possui uma especificação que pode interferir sobre a qualidade da imagem, do áudio e onde poderá ser reproduzido – o que vale para reprodutores de vídeo, sites da internet e redes sociais. Se não existissem diversos formatos a tecnologia seria limitada, sem possibilidade de abertura para padrões exclusivos como o HD e o 4K, por exemplo.

Na hora de editar um vídeo é importante saber qual formato de vídeo usar na hora de salvar ou exportar a mídia. O formato certo irá garantir melhor qualidade na reprodução e leitura adequada a plataforma em que desejará visualizá-lo posteriormente.

Para garantir que você faça a exportação do vídeo no formato correto confira este guia com os 8 formatos de vídeo mais populares e qual o mais recomendado para cada site da web.

1 – Formato AVI

O formato AVI é um dos mais usados para exportação de projetos grandes como filmes e vídeos similares. Esse tipo de arquivo foi inventado em 1992 para conseguir fazer o salvamento de vídeos que fossem compatíveis com o Windows, Apple Unix e demais programas de computadores.

O problema desse tipo de formato é que sua memória para armazenar informações de áudio é grande. Sendo assim, a conversão e leitura do mesmo tende a ser um pouco pesada. Para rodar em smartphones pode gerar travamentos.

Outra desvantagem do formato AVI é que a reprodução já está ultrapassada e por isso pode apresentar problemas de compatibilidade com programas de reprodução modernos.

 


2 – Formato MOV

O Formato MOV não é tão recomendado para exportar vídeos de ampla divulgação porque pode oferecer diversos problemas de compatibilidade, até mesmo com os programas da Google (como o Drive ou Gmail).

Apesar da sua impopularidade essa extensão permite salvar arquivos de alta qualidade, e com grande quantidade de informações de áudio e vídeo.


3 – Formato MPG

O formato MPG é o modo de compatibilidade mundial e recomendado para quando um arquivo será compartilhado em diferentes plataformas à nível global. Nesse caso a compressão de áudio e vídeo quase não tem diferenças em relação a gravação original.

Além disso, o formato é rápido e possibilita facilidade no compartilhamento em larga escala por vias online.

Os arquivos MP6 se dividem em:

  • MPG1: qualidade comparada ao formato VHS já obsoleto. Resolução de 352×240;
  • MPG2: qualidade mais alta do que a televisão analógica. Resolução de 720×486 e é o formato adequado para rodar no Vídeo DVD;
  • MPG-3: uma das passadas tentativas de aumentar a resolução dos televisores, é o mesmo que o HDTV;
  • MPG-4: é um formato igual o .MOV, mas que consegue rodar no QuickTime – o reprodutor da Apple. Esse é o tradicional formato mp4.

4 -Formato WMV

Esse é o formato de exportação de vídeos do Windows, portanto é o mais usado pelo Windows Media Player. O seu equivalente é o VLC, do Mac.

Um recurso extra desse tipo de arquivo é que ele oferece suporte para a gestão digital de direitos, o que faz com que os usuários possam copiar informações de vendedores de áudio e vídeo digitais como num banco gratuito.

Esse formato é o ideal para gravar DVD com qualidade Blue-ray ou HD DVD.


 

 

5 – Formato H.264

O H.264 é um dos formatos de vídeos mais atuais, foi criado em 2003 com uma alta qualidade de resolução. O seu diferencial é manter uma baixa taxa de bits de forma que a estrutura do desenho gráfico fica mais real.

Esse tipo de arquivo é o ideal para exportar vídeos para o Youtube ou qualquer outra plataforma de vídeo que seja transmitida via internet.

6 – Formato DIVX

I DIVX é o modelo de vídeo mais usado nos filmes de DBD Vídeo ou CD. Afinal, a sua compressão é grande e suporta grande quantidade de armazenamento. Vale lembrar que ele só serve para exportar a imagem, pois a extensão não salva faixa de áudio.

Para conseguir visualizar vídeos com essa extensão é preciso de um decodificador que funcione com plugins ejetáveis.


 

7 – Formato XVID

O Xvid pode ser considerado uma evolução do DIVX. Na atualização a qualidade de imagem é superior e ainda é o mais usado em muitos aparelhos de DVD. Entretanto, outros formatos mais atuais prometem um rendimento e velocidade de compressões melhores.


8 – Formato RM

O formato de vídeo Real Media foi desenvolvido pela Real Newtworks e pode variar a taxa de dados de acordo com a complexidade da imagem de cada quadro do vídeo.Esse arquivo é o mais ideal para quem precisa salvar trabalhos grandes uma vez que tem um bom nível de compressão, é o caso para salvamento de filmes, documentários e vídeos com longo tempo de duração.

Quais os formatos de aceito em cada site da web?

Antes de compartilhar ou fazer o upload de um vídeo numa rede social é preciso saber se a mídia está no formato correto. Para garantir que não haja perda de qualidade é melhor se certificar de que está de acordo com as recomendações. Confira, abaixo, as especificações de cada rede social:

Facebook

  • Recomendado uso de MP4 ou MOV
  • 3g2 (vídeo no celular)
  • 3gp (vídeo no celular)
  • 3gpp (vídeo no celular)
  • asf (vídeo no formato Windows Media)
  • Avi
  • Mpeg (dat)
  • divx
  • DV
  • fv4 (vídeo em Flash)
  • flv (vídeo em Flash)
  • GIF
  • M2TS
  • MPEG-4
  • Mkv
  • Mod
  • Mov (video no formato QuickTime)
  • mp4 (vídeo no formato MPEG-4)
  • mpe
  • mpeg
  • mpeg4
  • mts
  • nsv
  • ogm
  • ogv (vídeo no formato Ogg Media)
  • qt (vídeo no formato Quik Time Movie)
  • tod
  • vob (vídeo no formato DVD)
  • wmv (vídeo no formato Windows Media)

Whatsapp

  • Tamanho máximo: 100 MB
  • No link de vídeo: mp4
  • No link de arquivos: todos os tipos e formatos.

Instagram

  • MP4
  • MOV
  • taxa de frames: 30 fps
  • Resolução mínima: 600×315
  • Tamanho máximo: 4GB
  • Tempo máximo: 60 segundos

Youtube

  • Todos os formatos
  • Duração máxima: 30 minutos
  • Taxa de frames: 25 fps
  • Tamanho máximo: 2 GB;

Twitter

  • MP4
  • MOV
  • Duração máxima: 140 segundos;
  • Taxa de frames máxima: 40 fps;
  • Tamanho máximo: 512 MB;

Pinterest

  • Mp4
  • MOV
  • taxa de frames máxima: 25 fps
  • resolução mínima: 240p
  • Tamanho máximo: 2 GB

Linkedin

  • WebM
  • ASF
  • AVI
  • MOV
  • MPEG-1
  • MKV
  • MPEG-4
  • FLV
  • tamanho máximo: 4 GB;
  • Duração máxima: 10 minutos.

Nuvens de armazenamento – Google Drive, Dropbox, OneDrive

  • Todos os formatos de vídeo fazem o upload, mas nem todos são reproduzidos;

Rafaela Trevisan Cortes

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content